Diretor da PF investiga crimes na internet e pode chegar ao filho caçula de Bolsonaro.

Foto: Brasil 247

O Presidente Jair Bolsonaro quer demitir o Diretor Geral da PF antes que ele indicie Carlos Bolsonaro e desmonte a fabrica de mentiras que saem do laboratório de maldades coordenado pelo seu filho vereador.

Entenda o caso da demissão do Delegado Geral da PF.

O PGR pediu abertura de inquérito para apurar os responsáveis pelas manifestações contra os poderes da república.

O Ministro do STF, Alexandre de Moraes acatou e determinou a PF que investigue o caso.

O Diretor Geral escalou para esta investigação a mesma equipe que já vem investigando as fake news e que já tem elementos para envolver o “gabinete da maldade” e o filho do presidente Carlos Bolsonaro.

A decisão do presidente de chutar pra fora do cargo o Diretor Geral da PF, desmoraliza o Ministro da Justiça, Sergio Moro, que ameaça pedir demissão.

Jair Bolsonaro sabe que se puxar a ponta desse novela, seu esquema de espalhar ódio, crise e paixões reacionários, que lhe garantiram uma eleição improvável, será descoberto e virará um escândalo internacional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s