Máscara chinesas trazem o número da besta fera?

Recebi de um grupo de WhatsApp, composto por pessoas humildes, da Região Metropolitana de Belém, uma mensagem com a imagem de uma mascara proveniente da China, insinuando que nela está gravado o número da besta 666, da qual fala o Apocalipse de João e que isso seria o sinal de que as revelações proféticas da Bíblia, referente aos finais dos tempos, que estão se concretizando.

Olhando as marcas, percebe-se que ali não temos números e sim as marcas feitas pelos prendedores mecânicos das máquinas que fabricam as máscaras. As marcas estão em cima e em baixo e não são números.

A mensagem, porém, evidencia a proliferação de teorias conspiratórias terrenas ou divinas, como também interpretação literal do texto bíblico, sem os devidos cuidados e estimulado por quem não estudou teologia.

Estas teorias e interpretações errôneas do texto sagrado, são incentivadas em redes sociais, movimentando os algoritmos e transformando a ignorância e a boa-fé em engajamento e adesão a causas que tem propósitos inconfessáveis.

A crença nestas hipóteses absurdas e sem qualquer base em fatos verdadeiros e nem na ciência, tem causado a divisão da sociedade, extremismo e prejuízos até para saúde das pessoas, que acreditando que estão a seguindo bons caminhos, acabam sendo manipulados por grupos poderosos econômicos ou políticos e deixando de se proteger. Lembro aqui a campanha absurda contra vacinas.

Muitos estudos sérios foram feitos sobre o Livro do Apocalipse e as conclusões mais aceitas é que João não escrevia para prever o futuro

Quando João escreveu o livro, no século 1, ele não estava querendo explicar acontecimentos futuros. “Ele usava códigos e símbolos para alertar os cristãos da época sobre a adoração ao imperador de Roma e lançar um ataque ao poderoso regime.”

Se você escrever o nome do imperador Nero Cesar no alfabeto hebraico, a equação fica: 200+60+100+50+6+200+50=666.

Em telha, pesquisador escreve Nero Cesar
Image captionEm números, nome do imperador Nero Cesar vira 666

Historiadores acreditam que a perseguição de Nero a cristãos em Roma fez com que ele fosse uma figura odiada pelos primeiros cristãos.

Fonte BBC

Por tanto, minha gente, deixem de acreditar em bobagens e pratiquem a lei maior de “amar o próximo com a ti mesmo” evitando espalhar o coronavírus, se contaminar e contaminar os seus familiares e amigos. Ouçam as autoridades de saúde. Sigam as regras de higiene. Usem as máscaras, não saiam sem a proteção delas. Fiquem em distanciamento. Pratiquem o isolamento social.

A besta fera de hoje é o coronavírus e não as mascaras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s