Delegado Eder Mauro usa técnicas nazista para atacar adversários do Presidente Bolsonaro

O filho do deputado Carlos Bordalo do PT, responsáveis pelas investigações contra milícias no Pará, foi flagrado em Açailândia, Maranhão, com 40 quilos de maconha, segundo disse a Policia Civil do Estado vizinho.

O deputado Delegado Eder Mauro, defensor de policiais acusados pela CPI presidida por Carlos Bordalo, e defensor do Presidente Jair Bolsonaro, como quem compartilha as ideias de resolução dos conflitos sociais por meio de emprego de violência, publicou um tuíte, aproveitando o episódio pessoal e individual para alcançar seus propósitos políticos de poder.

Para começar, vasculhei as redes sociais de Rogério Bordalo e não encontrei em nenhuma delas qualquer anuncio de Live programada contra o Presidente Jair Bolsonaro, logo este material tem tudo para ser Fake News.

Depois, se aproveitar da tragédia de uma pessoa para fazer política e atingir seus país é eticamente condenável e só usa desse expediente, os canalhas e mal-caráter.

Por fim, usar de um erro individual para entende-lo a todos os grupos políticos que são contrários as suas ideias, tem um nome histórico, chama-se nazismo.

O Deputado Carlos Bordalo, demonstrando profunda tristeza, como pai, manifestou-se através de nota, admitindo que seu filho, embora tenha um currículo acadêmico robusto é viciado e a família sofre e lamenta por ele, rogando para que se liberte e possa seguir sua carreira profissional.

2 comentários em “Delegado Eder Mauro usa técnicas nazista para atacar adversários do Presidente Bolsonaro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s