Delegado Eder Mauro usa técnicas nazista para atacar adversários do Presidente Bolsonaro

O filho do deputado Carlos Bordalo do PT, responsáveis pelas investigações contra milícias no Pará, foi flagrado em Açailândia, Maranhão, com 40 quilos de maconha, segundo disse a Policia Civil do Estado vizinho.

O deputado Delegado Eder Mauro, defensor de policiais acusados pela CPI presidida por Carlos Bordalo, e defensor do Presidente Jair Bolsonaro, como quem compartilha as ideias de resolução dos conflitos sociais por meio de emprego de violência, publicou um tuíte, aproveitando o episódio pessoal e individual para alcançar seus propósitos políticos de poder.

Para começar, vasculhei as redes sociais de Rogério Bordalo e não encontrei em nenhuma delas qualquer anuncio de Live programada contra o Presidente Jair Bolsonaro, logo este material tem tudo para ser Fake News.

Depois, se aproveitar da tragédia de uma pessoa para fazer política e atingir seus país é eticamente condenável e só usa desse expediente, os canalhas e mal-caráter.

Por fim, usar de um erro individual para entende-lo a todos os grupos políticos que são contrários as suas ideias, tem um nome histórico, chama-se nazismo.

O Deputado Carlos Bordalo, demonstrando profunda tristeza, como pai, manifestou-se através de nota, admitindo que seu filho, embora tenha um currículo acadêmico robusto é viciado e a família sofre e lamenta por ele, rogando para que se liberte e possa seguir sua carreira profissional.

2 comentários em “Delegado Eder Mauro usa técnicas nazista para atacar adversários do Presidente Bolsonaro

Deixe uma resposta para zecarlosdopv Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s