Foi-se o pior ministro da educação do Brasil

Na despedida do cargo, o ex-Ministro da Educação não falou da pasta que presidiu por mais de um ano.

Nem um programa, sem legado a deixar, apenas coisas ruins, grosserias, erros de português, guerra contra moinhos de ventos. De política para melhorar a educação, nada!

A galeria do ex-ministros, onde estão as fotografias de Jarbas Passarinho, Cristovão Buarque, Paulo Renato e Fernando Haddad, receberá a fotografia desse Senhor para registar sua péssima passagem pela pasta.

O Brasil perdeu. O povo perdeu. Os estudantes, em tempo de pandemia, perderam.

Nem a guerra ideológica que ele fez teve algo para ser comemorado.

3 comentários em “Foi-se o pior ministro da educação do Brasil

  1. Que alívio, nossa já foi tarde, não tava conseguindo respirar. O ensino da educação tava morrendo sufocada, por esse ministro. A educação é a única arma que pode mudar o mundo pra melhor. E esse órgão que tem a função principal de preparar e mudar e melhorar a humanidade com um conceito as pessoas, para viver melhor na sociedade colocaram alguém despreparado e incapaz aí tava estrangulado á educação em nosso país.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s