Governo Helder sem transparência, atesta TCE

O Tribunal de Contas do Estado enviou para Assembléia Legislativa parecer, com 45 recomendações sobre as contas do Governador Helder Barbalho, exercício de 2019.

O parecer é pela aprovação, mas o nível de recomendações são preocupantes e demonstram ausência de transparência e total falta de controle interno. A Auditoria Geral do Estado, que vasculhou a administração de Simão Jatene, deixou de exercer o controle do exercício de 2019.

O TCE deu prazo de 180 dias para o Governo responder as recomendações e o jornalista Lucio Flávio Pinto as editou para melhor compreensão de leitor:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s