Base de Helder Barbalho na Assembléia Legislativa arma rejeição política às contas de Simão Jatene

A base política de apoio ao Governador Helder Barbalho marcou para amanhã, 01/10, na Assembléia Legislativa, a votação do relatório que propõe rejeitar as contas do ex-governador Simão Jatene. 

As contas foram aprovadas à unanimidade pelos conselheiros do Tribunal de Constas do Estado, mas os deputados governistas foram orientados a contrariar tudo o que os técnicos de controle externos concluíram e que orientou a aprovação pela Corte de Contas, mas quem leu o documento preparado pelos parlamentares governistas, avalia que a conclusão pela rejeição não tem qualquer base técnica, jurídica, contrariando até a lógica e, em alguns trecho, chega a ser gracioso de tão exdrúxulo.

Tentei obter a pauta, o avulso e o relatório da Comissão Técnica e me surpreendi ao constatar que estes dados não estão disponíveis ao público, contrariando o princípio da publicidade.

O que vai acontecer amanhã, será um linchamento político orquestrado por um grupo que deseja controlar as instituições e o poder, praticando um tipo de regime que não aceita oposição, críticas e adversários naturais.

O objetivo é ousado, visa tornar o ex-governador Simão Jatene inelegível e tirá-lo a força do jogo político.

O ato de amanhã envergonhará a história do Poder Legislativo paraense e compromete sua autonomia.

Os deputados estaduais que aceitarem participar do teatro, estarão dando um tiro no próprio pé e serão as próprias vítimas ao enfraquecer a democracia e o papel do legislativo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s