Corpos de jovens executados são encontrados em ônibus abandonado em Capitão Poço.

Cenas fortes nas imagens a seguir mostram a crueldade das execuções.

Corpos de jovens, com as mãos amarradas e tiro na região da cabeça, são encontrados em ônibus abandonado, no município de Capitão Poço. A cena sugere forte execução em massa e se soma aos inúmeros crimes que vem sendo praticado, provavelmente por milicianos, na região.

Tudo começou com duas execuções, a de Madson Filintro e do ex-policial conhecido por “Navalhada, crime violento, com característica de crime político, uma vez que a vítima denunciava corrupção de desmando de figuras importantes da política local.

O inquérito do caso “Navalhada”, que tramita em segredo de justiça, provavelmente deve ter chegado aos suspeitos e todos esperam que estes sejam retirados de circulação o mais breve possível, para que este grupo de matadores sejam desarticulados, processados, julgados e punidos juntamente com os poderosos que pagam por estas execuções.

Os motivos são variados, crime político, execução a mando do tráfico e incômodos diversos. Mas os executores, pelo modus operandi, parecem ser os mesmos. As investigações podem chegar a esta conclusão.

A Justiça Paraenses precisa agir com rapidez em socorro a comunidade de Capitão Poço e do vizinho município de Ourém para que a paz volte a reinar naquelas comunidades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s