Brasileiros rejeitam os extremos

A pesquisa XP/Ipespe, de junho de 2021, pergunto a posição ideológica dos entrevistados e obteve como resposta um país completamente dividido.

O Brasil está num impasse.

Veja os números, basta juntá-los e teremos: O Brasil de centro-direita representado por 34% dos eleitores. Já 34% diz que é de centro-esquerda. 32%, porém, não sabem para que lado irão pender., sendo os que decidirão o pleito.

Quando comparamos a posição ideológica com a preferência nominal, no primeiro turno, temos Lula com 24%; Bolsonaro com 24%; e não sabe ou não respondeu 36%, confirmando o que o primeiro cenário havia revelado.

Posso lhes assegurar que o brasileiro não está gostando da polarização e que optará por um dois dois líderes, indo para um extremo ou outro, se não houver alternativa viável. Mas hoje, pelos números da pesquisa, quem souber dar um recado de centro levará a maioria e será o novo ocupante do Palácio do Planalto.

Bolsonaro e Lula seguirão buscando a polarização e evitando que uma terceira via de centro apareça e roube a cena da disputa eleitoral. O cenário de extremos, que, embora seja ruim para o país, interessa aos dois competidores, é a única possibilidade de um deles vencer as eleições em 2022.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s