Por um sistema de transporte público de qualidade na Região Metropolitana de Belém

Parada de ônibus em Belém, na avenida Magalhães Barata

Todos os dias, quem precisa de se deslocar nas cidades da Região Metropolitana de Belém, sempre se preparar para gastar longos tempos de sua existência desperdiçados e sofridos por causa do péssimo transporte público ofertado pelos permissionários à população dessas cidades, super habitadas, do Pará.

Ônibus sempre atrasados, lotados, sujos, sem ar condicionados e com pouco ou nenhuma manutenção.

Depois de horas nas paradas sem abrigo, o passageiro ainda pode enfrentar a queima de parada, pois os motoristas são obrigados a cumprir horários apertados e fazer o maior número de viagens durante um turno.

Quando dentro do coletivo, o passageiro precisa ter sorte para encontrar um assento vazio, caso contrário, a viagem será feita em pé, recebendo esfregadas, empurrões e sustos nas freadas bruscas. Correndo o risco de sair com a roupa amassada ou até suja pela falta de limpeza dos ônibus.

Estar dentro do coletivo, nas piores condições, não é garantia de chegar ao ponto desejado. A falta de manutenção implica em defeitos que obrigam muitos desses coletivos a interromper a viagem, obrigando passageiros a ficarem no ponto, esperando novo coletivo ainda mais lotado.

O BRT pensando como modelo de sistema de transporte público moderno e eficiente, gastou muito recurso e ainda não funciona. Não funciona por causa da corrupção e incompetência na realização da obra pública.

Não funciona porque as empresas que operam as permissões de transporte são contra o BRT e fazem de tudo para não aceitar as regras de integração das linhas e do plano de funcionamento de um sistema de transporte público único, com caixa único, fundo de modernização e linhas alimentadoras.

Vencer esses obstáculos impostos a implantação do sistema de transporte público de qualidade é fundamental para melhorar a qualidade de vida urbana da Região Metropolitana de Belém é priridade.

As prefeituras precisam fazer uma acordo metropolitana e enfrentar os oponentes para fazer funcionar o sistema com linhas integradas em todos os modais, inteligentes e controladas por computador; ônibus limpos; rapidez nos deslocamentos; conforto e preço adequado. É o mínimo que se pede.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s