O governo de frente ampla

A composição do novo governo do presidente Lula precisa ser coerente com a campanha e a expectativa da sociedade. Quem ganhou as eleições foi o PT e seus aliados, que ultrapassam os aliados históricos, ampliado pela presença do Partido Verde, a volta da Marina Silva, a chegada de Geraldo Alkmin, o apoio de segundo turno de Simone Tebet e muitos outros lideres e partidos políticos.

Os retratos na Esplanada dos Ministérios precisam expressar a composição eleitoral, mas não é só isso. Um governo de frente ampla significa muito mais.

O jeito de governar e as prioridades devem atender a tudo que foi agregado.

Na frente ampla temos desenvolvimentista, ambientalistas e conservacionistas, no mesmo pacote, chegar ao denominador comum quanto ao modelo de desenvolvimento, é necessário para o sucesso e gerar emprego, renda com sustentabilidade.

O nome dos ministros e a qual partido pertencem retratará a frente ampla, mas saber o que pensam eles sobre o papel do estado, a relação com a economia, com os direitos dos mais vulneráveis, por exemplo, assegurará a possibilidade de composição e mediação em busca de alavancar o crescimento seguro da economia nacional.

Confio muito na capacidade do presidente Lula em cumprir suas promessas de campanha. Lula sabe que ganhamos por menos de 2% e que a direita brasileira está forte. Manter a vitória eleitoral apertada e ganhar o apoio da maioria da população assegurará o futuro da democracia brasileira.

Um comentário em “O governo de frente ampla

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s