MP pede afastamento do secretário de Saúde, Alberto Beltrame, por improbidade administrativa – Portal Roma News

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) pediu o afastamento do atual secretário de Saúde do Estado, Alberto Beltrame, por improbidade administrativa. Na Ação Civil Pública (ACP) ajuizada contra o secretário, o MP aponta provas de um superfaturamento em uma compra, com dispensa de licitação, de R$ 2 milhões em garrafas pet vazias na empresa Marcoplas Comércio de Móveis LTDA, localizada em Ananindeua. A informação foi compartilhada em primeira mão pelo influencer David Mafra
— Ler em www.romanews.com.br/

O Senhor Alberto Beltrame não está em condições de comandar o combate ao Coronavírus no Pará

O número de óbitos por COVID-19 continua subindo aqui no Pará. Santarém passou dos 200 mortos. Em meio a esta pandemia, o Secretário Estadual de Saúde é investigado por corrupção e alvo de duas buscas e apreensão, tanto em Belém quanto no Rio Grande do Sul, em suas residências.

Penso que uma pessoa que vive um processo investigatório de grande envergadura, com duas operações da Polícia Federal, com apreensão de bens pessoais, que se ainda não foram avaliados quanto ao valor de mercado, deve ter um grande valor sentimental, não deve estar com cabeça e condições espirituais que lhes garantam tranquilidade para cuidar da saúde pública do povo paraense.

Não vou aqui sugerir a sua exoneração por pressuposto de culpa, pois sou adepto da presunção de inocência previsto na Carta Magna de 1988, mas acredito que a exoneração, até a pedido, se for o caso, por motivos óbvios quanto a incapacidade de atuar com tamanha exigência e dedicação a saúde pública, seria bom para os dois lados.

Exclusivo: Beltrame, obras de arte e mansão de 4,8 milhões – O Antagonista

Um dos endereços de Alberto Beltrame em que a Polícia Federal faz buscas é uma mansão no Condomínio Enseada Lagos, em Xangri-Lá, no litoral gaúcho.

O Antagonista apurou que a mansão está à venda desde o início do ano. Chegou a ser anunciada por R$ 6 milhões, mas com a pandemia o valor foi reduzido para R$ 4,8 milhões…
— Ler em www.oantagonista.com/brasil/exclusivo-beltrame-obras-de-arte-e-mansao-de-48-milhoes/