Espaço Aberto: Simão Jatene bate o martelo e anuncia que não será candidato a prefeito de Belém em novembro

O ex-governador Simão Jatene (PSDB) anunciou na última terça-feira (21), em reunião realizada no escritório do PSB, que não será candidato a prefeito de Belém nas eleições de novembro. O prefeito tucano Zenaldo Coutinho esteve presente ao encontro,
— Ler em blogdoespacoaberto.blogspot.com/2020/07/simao-jatene-bate-o-martelo-e-anuncia.html

‘Fraudes e ilegalidades de Helder Barbalho foram ratificadas por montagem de dispensa de licitação’, diz subprocuradora da República

Na representação enviada ao STJ, Lindôra argumentou que as tratativas e o contrato sob investigação foram estabelecidos diretamente no Gabinete do Governador e apenas em um segundo momento ‘procurou-se atribuir uma pretensa conformidade legal para contexto absolutamente fraudulento que causou um grave dano material ao erário, moral e irreparável à sociedade paraense e o enriquecimento dos envolvidos no esquema’.
— Ler em politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/fraudes-e-ilegalidades-de-helder-barbalho-foram-ratificadas-por-montagem-fraudulenta-de-processo-de-dispensa-de-licitacao-diz-subprocuradora-da-republica/

Foi-se o pior ministro da educação do Brasil

Na despedida do cargo, o ex-Ministro da Educação não falou da pasta que presidiu por mais de um ano.

Nem um programa, sem legado a deixar, apenas coisas ruins, grosserias, erros de português, guerra contra moinhos de ventos. De política para melhorar a educação, nada!

A galeria do ex-ministros, onde estão as fotografias de Jarbas Passarinho, Cristovão Buarque, Paulo Renato e Fernando Haddad, receberá a fotografia desse Senhor para registar sua péssima passagem pela pasta.

O Brasil perdeu. O povo perdeu. Os estudantes, em tempo de pandemia, perderam.

Nem a guerra ideológica que ele fez teve algo para ser comemorado.

As pessoas que organizaram e atacaram o STF devem ser processadas e presas em nome da democracia

A brincadeira acabou. Não de deve tolerar por qualquer motivo que se atente contra as instituições e a democracia do nosso país.

O STF é a garantia do cumprimento da Constituição Federal e do estado democrático de direito.

Provocar instabilidade para justificar golpe contra a democracia, implantando outra vez regime autoritário que já levou nosso país ao caos deve ser punido com todo o rigor possível.

Painel: Aras acata pedido de Toffoli e abre investigação sobre ataque ao Supremo

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/painel/2020/06/aras-acata-pedido-de-toffoli-e-abre-investigacao-sobre-ataque-ao-supremo.shtml?utm_source=mail&utm_medium=social&utm_campaign=compmail

Ataque ao STF é estimulado por “integrantes do próprio Estado”, diz Toffoli – O Antagonista

Em nota, o ministro Dias Toffoli repudiou o ataque de bolsonaristas ao prédio do STF, ocorrido na noite de ontem, e disse que a Corte “se socorrerá de todos os remédios” legais.

“Infelizmente, na noite de sábado, o Brasil vivenciou mais…
— Ler em www.oantagonista.com/brasil/ataque-ao-stf-e-estimulado-por-integrantes-do-proprio-estado-diz-toffoli/

Roubar dinheiro público não tem perdão, da saúde então…

Quero me deter nesta imagem de uma caixa térmica, tipo cooler, destas que se usa para conservar bebidas, onde foi escondido uma fortuna de R$750 mil, encontrado pela Policia Federal, na casa do gaucho Peter Cassol, ordenador das despesas, responsável pelas compras da saúde do Pará, pessoa de confiança da Administração Pública.

Os corruptos são criativos para esconder seus mal-feitos, já usaram malas, paredes falsas e até cuecas. O Pará coloca uma caixa térmica no museu da corrupção.

Alias, nos aeroportos brasileiros, os paraenses são identificados por viajarem com caixas térmicas, o famoso isopor, carregado de peixes, polpas de cupuaçu, bacuruí e açaí, nunca com dinheiro da corrupção.

Como explicar tanto dinheiro escondido em um cooler?

Não tem explicação e nem amparo legal.

Os investigadores, por um simples exercício de associação, não terão qualquer trabalho investigativo para ligar este dinheiro a corrupção na área da saúde, na compra de medicamentos e equipamentos para salvar vidas.

A PF tem um suspeito, o próprio Peter Cassol, pessoa que veio do Rio Grande do Sul para o Pará, junto com a equipe do Secretário de Saúde.

Quem conhece o serviço público e já investigou desviou sabe que para retirar ilegalmente esta polpuda soma de alguma despesas, a despesa deve ser muito alta, não tem como ser feita por uma única pessoa, passam por muitas mãos e tem autoridades acima deste diretor que autorizaram.

A Policia Federal, com a lógica de seguir o rastro do dinheiro, vai puxar o fio e com certeza chegará aos criminosos, identificando a quadrilha por trás desta do fortuna.

O silêncio da Assembléia Legislativa e da ativa Auditório Geral do Estado é ensurdecedor.

As explicações das autoridades ao público não importam agora. Não deveria ter ocorrido o fato suspeita de criminoso. Agora, todas as manifestações dos acusados devem ser feitas diretamente a Policia Federal, ao Ministério Público e ao STJ, dentro do processo.

O povo, principalmente aqueles que tiveram parentes mortos por falta de respiradores esperam por justiça.

Em reunião presidencial, Ministro do Meio Ambiente explica como fazer para destruir a natureza

Enquanto a imprensa está preocupada com o coronavírus, vamos aproveitar e passar a boiada por cima da floresta e destruindo as proteções legais ao meio ambiente, tudo escondido do legislativo e usando a Advocacia Geral da União para barrar a reação do judiciário contra as ilegalidades.

O Ministro Ricardo Salles, que de meio ambiente não tem nada, conclui com a frase, que resume o plano exposto de forma cínica na reunião oficial, com a presença do Presidente da República: “Vamos unir esforços para dá de baciada a desregulamentação”

Bolsonaro e seu grupo pagarão pelos erros jurídicos e políticos no tratamento à pandemia

Foto: BBC

Recebo algumas postagem de bolsonaristas defendendo as posições do Presidente da República no tratamento das políticas de combate a COVID-19, confrontando governadores, prefeitos e até o STF.

Resolvi entrar de cabeça nos argumentos deles para mostrar aqui que são mentirosos e não se sustentam a perscrutação. Vamos a eles.

Quando se detectou as primeiras mortes, em 17 de março, e a OMS classificou o ataque da COVID-19 como pandemia, se o Presidente da República houvesse convidado governadores, prefeitos e juntos adotassem medidas para combater a transmissão e houvesse pensado na infraestrutura de UTIS e respiradores, quantas mortes teriam sido evitadas?

Quantas mortes podem ser atribuídas ao comportamento irresponsável do Presidente da República, que não respeitou o federalismo, estimulou aglomerações, a quebra do isolamento social e provocou a demissão de dois ministros da saúde em plena pandemia?

Quanto ao medicamento adequado para tratar e a fase de aplicação, isto é assunto de total responsabilidade de médicos, só eles podem prescrever a droga melhor para cada caso.

O Presidente da República, ao insistir em indicar uma droga de efeito duvidoso, intrometendo-se ilegalmente em uma atividade de saúde, poderá ser responsabilizado pela complicação advinda de efeitos colaterais em pacientes que usaram o medicamento por conta própria, induzidos pela sua manifestação?

Quanto a não ter adiado o carnaval para evitar que o vírus se propagasse, na época os governadores e prefeitos sabiam da pandemia e se sabiam, por que não cancelaram?

No caso do superfaturamento de compras para o combate a pandemia, elas existem, mas são casos isolados e estão sendo apuradas as responsabilidades.

No caso das prevenções, o isolamento vertical nunca a orientação do Ministério da Saúde, que orientou, desde o inicio, o isolamento social, o que tem se mostrado o mais eficiente.

No caso, não foi o STF quem disse que era competência de Governadores e Prefeitos regular as atividades econômicas, essa competência está clara na Constituição Federal e o Supremo Tribunal Federal não pode ter outro entendimento.

A União, através do Chefe do Poder Executivo deve respeitar o sistema federativo e se manter na sua estrita competência, dentre as quais apresentar um plano econômico para socorrer as empresas em tempos de pandemia e defesa da vida.

O Presidente da República e seu grupo político, por todos os fatos testemunhados pela sociedade brasileira cometeram dolosamente crime de responsabilidade e praticaram a má política e se não for responsabilidade pelo Congresso Nacional ou denunciado pelo PGR, Aras, a punição virá nas urnas.

* José Carlos Lima é advogado, consultor ambiental, foi deputado estadual e chefe da Casa Civil do Governo do Pará.

Bolsonaro está cumprindo a Constituição Federal?

Por que muitas pessoas no Brasil não conseguem raciocinar além do governo em curso?

Não entendeu a pergunta?

Vou te explica-la, com exemplos.

Relembre algumas atitudes do atual presidente Jair Bolsonaro que você apoia, fazendo ou compartilhando postagens aberrantes nas redes sociais, achando-se o top dos intelectuais e o supra-sumo da coerência política.

Depois troque todas as atitudes que listou e que acha positivo de Bolsonaro, o nome do atual presidente, por uma governo imaginário de uma outro presidente que você não gosta, tipo o Lula, que você destila ódio todos os dias, por exemplo.

Se o que Bolsonaro está fazendo agora você concordaria que Lula fizesse, caso voltasse a ser presidente, então seu apoia as medidas do atual mandatário estão certas.

Se Lula demitisse o direito geral da PF e colocasse no seu lugar alguém que foi seu segurança pessoal e amigo dos seus filho, que estão sendo investigados, você apoiaria?

Se Lula desejasse saber com antecedências tudo que a PF está investigando, principalmente os casos que dizem respeito aos deputados corruptos do PT, você apoiaria?

Se Lula e o PT fizessem manifestações pedindo o fechamento do STF, do Congresso nacional e a implantação da ditadura do proletariado e do comunismo, você apoiaria?

Se Lula disse em meio a uma pandemia que tudo não passava de uma gripezinha você apoiaria?

Se Lula, que nunca frequentou uma faculdade, que não é médico, é um torneiro mecânico, formado a distância em curso profissional, indicasse a cloroquina como o melhor remédio para curar coronavírus, você apoiaria?

Se Lula mandasse abrir a economia no lugar de proteger a saúde da população você apoiaria?

Se o Lula trocasse o Ministro da Saúde em meio a uma pandemia e colocasse no seu lugar uma empresário da saúde privada que apoia o fim do isolamento social em plena crise sanitária, você apoiaria?

Então, meu amigo, reflita antes e aproveite a quarentena para buscar na internet tudo que diz respeito a democracia, a república e a todos os princípios constitucionais do art. 37, da nossa carta magna.

Art. 37. A administração pública direta, indireta ou fundacional, de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e, também, ao seguinte:

https://www.senado.leg.br/atividade/const/con1988/CON1988_05.10.1988/art_37_.asp